domingo, 14 de junho de 2015

População pede ajuda de vereadores para canalizar córregos na Casa Verde

CAMAMARA NO SEU BAIRRO CASA VERDE-13-06-2015 FRANCA-03585-300ABRE (1)
Vereadores acompanham a sessão pública deste sábado do Câmara no Seu Bairro
Foto: Luiz França / CMSP

KATIA KAZEDANI
DA REDAÇÃO


A população da Casa Verde, zona norte de São Paulo, pediu neste sábado (13/6) aos vereadores que os córregos da região sejam canalizados para resolver os problemas de sujeira e enchentes nos distritos Cachoeirinha, Limão e Casa Verde. Durante a sessão pública do Câmara no Seu Bairro – projeto do legislativo paulistano com o objetivo de aproximar os cidadãos do legislativo – os participantes também pediram que sejam construídas mais UBSs (Unidades Básicas de Saúde) na região.

Para o integrante do Conselho Participativo Municipal de Casa Verde Iraildo Reis, que estava entre os mais de 400 participantes da sessão pública, os córregos a céu aberto são um problema na região. “Queremos mais atenção para os córregos do Bispo, Tabatinguera e Água Preta, porque eles sempre estão sujos e precisam ser canalizados”, declarou.

DSC03605
Vereador Calvo (PMDB)

Os vereadores Calvo (PMDB) e Claudinho de Souza (PSDB) concordaram com o conselheiro. “É necessário fazer o desassoreamento desses córregos para garantir que a população tenha segurança”, reforçou Calvo. “A situação desses córregos é uma afronta ao nosso bairro”, afirmou Claudinho.

O secretário de relações governamentais do prefeito Fernando Haddad, Alexandre Padilha, explicou que o projeto do Córrego do Bispo já foi elaborado. “Precisamos de ajuda da Câmara para fazer o diálogo com o Governo Estadual, porque essas obras envolvem a Dersa (Desenvolvimento Rodoviário)”, explicou.

Outro problema levado pelos cidadãos aos vereadores da Casa Verde é a necessidade de mais equipamentos públicos de saúde. “Faltam médicos e medicamentos na nossa região e gostaríamos de pedir que os vereadores nos ajudem a resolver esse problema e ainda construa uma UBS no Jardim Antártica e outro no Peri Alto”, solicitou a conselheira de saúde da Casa Verde Maria Madalena Goulart.

O morador da região Pedro Adamo também falou que a população encontra dificuldade para ser atendido. “Os hospitais estão sem infraestrutura, quando vamos até eles nos encaminham para outros e não estão conseguindo nos atender”, acrescentou.

Presidente da Câmara, vereador Antonio Donato (PT)
Presidente da Câmara, vereador Antonio Donato (PT)

Essa situação, explicou Padilha, será resolvida na casa Verde. “A construção da UBS no Jardim Antártica foi uma das prioridades apresentadas pelo Conselho Participativo e também é um dos nossos objetivos, mas para isso faltava um terreno. Conseguimos o espaço e agora vamos começar a licitação”, contou.

O presidente da Câmara, vereador Donato (PT), gostou do debate na Casa Verde e garantiu que as demandas serão analisadas pelos vereadores. “Agradeço a presença de todos que nos ajudaram trazendo propostas. Vamos dar encaminhamento a todas as reivindicações que a população tem nos trazido”, disse.

Ouça a íntegra da Sessão

Fonte: Portal da CMSP

sexta-feira, 12 de junho de 2015

quarta-feira, 10 de junho de 2015

Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso recebe a Câmara no Seu Bairro no próximo sábado

A Câmara dos Vereadores vai realizar um encontro com os moradores da região da Subprefeitura da Casa Verde. É a nossa oportunidade para apresentarmos as necessidades e reivindicações para, juntos, construirmos uma cidade melhor.
Anote na sua agenda e compareça.
Avise seus vizinhos e amigos!
Data:
13 de junho - sábado, às 9h30
Local:
CENTRO CULTURAL DA JUVENTUDE
(Avenida Deputado Emílio Carlos, 3641)

Conheça a Casa Verde


Fonte: Portal da CMSP

Como chegar?

O Centro Cultural fica próximo ao Terminal Vila Nova Cachoeirinha, várias linhas de ônibus passam em frente.

Confira no mapa:

sábado, 30 de maio de 2015

Cobal Supermercados volta vender perecíveis a granel



Em 30/08/2014, registramos aqui o descaso e o desrespeito ao consumidor pelo Cobal Supermercados, loja na avenida Inajar de Souza, 5646 -você pode ler aqui-.

De acordo com a PORTARIA nº.2.619 /SMS.G/2011, em seu artigo 9 (DISTRIBUIÇÃO, EXPOSIÇÃO PARA VENDA E CONSUMO). É proibida a venda de perecíveis a granel, como mostra a foto acima.

Registramos nova solicitação no SAC da Prefeitura, sob nº 13121545, encaminhado a COVISA - Coordenação de Vigilância em Saúde, supervisão SUVIS_CV.

Registrado!

Atualização:  06/06/2015 - 9,00 horas.

Após nossa denúncia, o estabelecimento voltou vender os produtos devidamente embalados conforme a legislação. Foto abaixo:

Produto embalado a vácuo.

Continuamos de olho!

Postagens populares