Publicidade

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Poluição visual das eleições continua na região

Atualizado em 28/10, às 8,40 horas - Propaganda retirada


Passado o período eleitoral e as propagandas de muitos candidatos continuam colaborando com a poluição visual na região. O caso registrado abaixo é apenas um exemplo de candidato que se diz representar a região e, após eleger-se (reeleger-se no caso) deveria ser o primeiro a dar exemplo de cidadania retirando e mantendo a região limpa.

Rua Félix Alves Pereira, esquina com a Rua Ela Krause Bohen, Jd. Centenário

Atualização 15/10 - às 15,40 horas.:

Assessoria do Deputado Celino informa que está tomando as providências para a retirada das propagandas na região, de acordo com o prazo estipulado pela Justiça Eleitoral.

O prazo é de 30 dias após a realização do pleito.




quarta-feira, 13 de outubro de 2010

População de Vila Nova Cachoeirinha ignora Eco Ponto da região

Entulhos na Rua Francisco Calado, atrás do estacionamento do Bradesco, no Largo do Japonês

Esta rua fica a 100 metros do Eco Ponto instalado na região pela  Subprefeitura da Casa Verde / Vila Nova Cachoeirinha, na Rua Félix Alves Pereira, enquanto o entulho é jogado nas ruas durante as noites e madrugadas o Eco Ponto está vazio e em perfeitas condições para receber estes entulhos.

Eco Ponto instalado a Rua Félix Alves Pereira, 113 - Jd. Centenário, funciona de Segunda a Sexta-Feira das 8,00 às 17,00 horas e aos Sábados das 8,00 às 12,00 horas. 



sábado, 2 de outubro de 2010

Homem é preso com drogas e armas no Eliza Maria - Zona Norte de SP

Segundo a polícia, suspeito faz parte de quadrilha de tráfico de drogas.
Grupo era investigado há quatro meses.





Um homem foi preso na noite desta sexta-feira (1º) no bairro Eliza Maria, Zona Norte de São Paulo, por suspeita de fazer parte de uma quadrilha de tráfico de drogas. Na casa dele, a polícia encontrou carregadores de celular e rádio, drogas, munição para pistola e metralhadora e uma granada.

O homem de 24 anos foi preso em flagrante na sua casa. A quadrilha era investigada há quatro meses. Segundo a polícia, o suspeito era responsável pelo armazenamento das drogas e da munição, além de controlar a contabilidade do tráfico.

Publicidade

Postagens populares