Publicidade

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Para Fernando Haddad Cachoeirinha se equipara a bairros nobres da cidade

Fiquei espantado hoje, quando consultando a relação de reajuste do IPTU por distritos e, entre os bairros com maior valorização imobiliária encontrei nossa querida Cachoeirinha.

Como tenho publicado por aqui diversas reclamações, sem soluções, acredito que à partir de agora os serviços prestados por esta administração também se equipararão aos prestados nos Jardins, Bela Vista e Morumbi entre outros.

Com reajuste de 19,70% no IPTU para 2014, nosso bairro está entre os mais valorizados da cidade. Precisamos lutar pela igualde de condições na qualidade de vida também.

Aprovado na Câmara Municipal, ontem, o Projeto de Lei nº 711/2013 que altera o valor do IPTU, com apoio de 29 vereadores petistas e simpatizantes contra 26 votos contrários. Agora o Projeto vai a sanção do Prefeito.

Confira como fica o reajuste do IPTU distrito por distrito:

Distrito
Aumento médio
Água Rasa
11,30%
Alto de Pinheiros
19,80%
Anhanguera
-10,00%
Aricanduva
0,20%
Artur Alvim
1,40%
Barra Funda
13,40%
Bela Vista
19,50%
Belém
12,40%
Bom Retiro
13,20%
Brás
19,40%
Brasilândia
2,70%
Butantã
8,80%
Cachoeirinha
19,70%
Cambuci
15,40%
Campo Belo
17,10%
Campo Grande
3,60%
Campo Limpo
-2,70%
Cangaíba
0,50%
Capão Redondo
0,70%
Carrão
8,70%
Casa Verde
5,70%
Cidade Ademar
2,70%
Cidade Dutra
-1,80%
Cidade Líder
-11,50%
Cidade Tiradentes
1,20%
Consolação
19,10%
Cursino
14,80%
Ermelino Matarazzo
-7,90%
Freguesia do Ó
1,20%
Grajaú
3,80%
Guaianases
-2,70%
Iguatemi
-5,40%
Ipiranga
15,90%
Itaim Bibi
19,10%
Itaim Paulista
-4,80%
Itaquera
-3,90%
Jabaquara
5,40%
Jaçanã
-1,50%
Jaguara
8,50%
Jaguaré
2,00%
Jaraguá
12,50%
Jardim Ângela
2,40%
Jardim Helena
-5,40%
Jardim Paulista
19,50%
Jardim São Luís
-1,00%
José Bonifácio
1,70%
Lajeado
-1,00%
Lapa
17,50%
Liberdade
19,20%
Limão
5,30%
Mandaqui
8,70%
Marsilac
-2,40%
Moema
19,50%
Mooca
10,50%
Morumbi
17,00%
Parelheiros
-0,80%
Pari
14,70%
Parque do Carmo
-12,10%
Pedreira
2,40%
Penha
9,20%
Perdizes
19,00%
Perus
1,60%
Pinheiros
19,10%
Pirituba
-1,20%
Ponte Rasa
-0,60%
Raposo Tavares
-2,30%
República
19,70%
Rio Pequeno
4,40%
Sacomã
8,30%
Santa Cecília
19,60%
Santana
18,00%
Santo Amaro
10,50%
São Domingos
6,60%
São Lucas
1,00%
São Mateus
-1,00%
São Miguel
-9,10%
São Rafael
-8,60%
Sapopemba
-4,50%
Saúde
17,40%
19,80%
Socorro
7,60%
Tatuapé
15,30%
Tremembé
7,40%
Tucuruvi
9,40%
Vila Andrade
7,50%
Vila Curuçá
-4,80%
Vila Formosa
12,90%
Vila Guilherme
7,80%
Vila Jacuí
-9,70%
Vila Leopoldina
15,40%
Vila Maria
5,10%
Vila Mariana
19,80%
Vila Matilde
1,80%
Vila Medeiros
4,50%
Vila Prudente
9,80%
Vila Sônia
7,60%

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Relógio com propaganda chega antes do semáforo e faixa para pedestres

Relógio com painel para propaganda está sendo instalado na esquina da avenida Jerônimo de Andrade com Inajar de Souza
Estamos aguardando desde julho a instalação de um semáforo para pedestres nesta esquina, você pode ler a matéria publicada no início deste mês, e a respectiva faixa que pleiteamos há muito tempo.

Parece que venceu a inutilidade, digo inutilidade porque na era do celular pouca gente procura estes relógios em busca de informação de horário -basta sacar do bolso e você tem a informação na palma da mão e sem publicidade-.

A segurança nesta esquina está ficando para segundo plano, sabe-se lá quando a CET providenciará a instalação e a pintura das faixas no local.

Fica o alerta!

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Em obra, Estação de Transferência divide opiniões de usuários


A  linha: 117Y-10 COHAB ANTARTICA / PINHEIROS ganhará uma Estação de Transferência na avenida Inajar de Souza, próximo ao Terminal Vila Nova Cachoeirinha. Informações extra-oficiais, uma vez que não conseguimos identificar nenhuma informação a respeito junto aos órgãos oficiais.

Informações dão conta de que o itinerário a partir daí será operado pela Sambaíba com ônibus articulados de maior capacidade. O certo é que esta linha anda super-lotada e deixando muito a desejar.

Apesar da promessa de melhorias, passageiros reclamam da transferência, pelo menos é que se ouve no interior dos veículos com bastante frequência.

Solicitamos informações oficiais junto a SPtrans e a SPObras, estamos aguardando resposta, tão logo a recebamos atualizaremos esta matéria.

Aproveitamos para manifestar nossa insatisfação com as árvores, plantadas na gestão anterior, em pleno desenvolvimento -as mais antigas foram preservadas- que foram retiradas do local e replantadas sem o mínimo cuidado. Duas delas secaram e uma está agonizando.

Árvores replantadas sem o mínimo cuidado estão secas

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

República das Caçambas!


"Transportadora" de entulhos continua usando a rua Róssio do Carmo, na Vila Rica, como depósito de caçambas.

Contando com a colaboração da vizinhança, sem noção, que coloca todo o tipo de lixo nelas. Quando aparecem para retirar as caçambas, jogam o excesso no chão e vão embora impunemente. Já que não adianta reclamar a administração incompetente!
 

Em 17/10, abrimos uma solicitação no SAC da Prefeitura, que levou o nº 11865693, sem resposta.

Ontem, a "transportadora" retirou a caçamba que restava no local deixando um rastro de entulhos e lixo no chão (foto abaixo).

Não precisamos lembrar a administração municipal que estamos entrando na temporada de chuvas e, que este lixo e entulho terá seu destino final nos bueiros da região. Isso porque o serviço de varrição não existe no local, apesar da secretária de subprefeituras insistir que a varrição vem ocorrendo normalmente na região, há muito tempo não se vê nenhum funcionário arrastando aquela tradicional vassoura por aqui.

Chegou a hora do trabalho amigos!

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Ocupação é empecilho para construir parque na Brasilândia


A área para a construção do Parque Municipal da Vila Brasilândia, na zona Norte de São Paulo, está ocupada por mais de mil famílias, de acordo com representantes da Prefeitura. A situação precária dessas pessoas que vivem no local foi discutida nesta terça-feira durante audiência pública da Comissão de Meio Ambiente.

De acordo com a diretora da Secretaria de Habitação, Mônica Syrillo, o cadastramento das famílias está sendo realizado. “Até hoje temos 700 famílias inscritas, mas ainda temos pelo menos o dobro para cadastrar”, afirmou.

Apesar da ocupação, sinalizou o diretor do Depave (Departamento de Parques e Áreas Verdes da Secretaria do Verde e do Meio Ambiente), Milton Persoli, a Prefeitura pretende seguir com o projeto de construção do parque. “Essa área não estava ocupada quando foi comprada, no entanto, quando se foi dar a posse, já tinham famílias na área. Isso dificulta o processo de construção do parque”, disse.

O presidente Movimento Ousadia Popular, Quintino Viana, ressaltou a importância de oferecer moradia para essas famílias. “Precisamos defender a construção do parque na Vila Brasilândia, mas também precisamos garantir que as pessoas tenham direito a morar em um local seguro, o que não acontece onde essas famílias estão hoje”, declarou.

Para a vice-presidente da Comissão de Meio Ambiente, vereadora Sandra Tadeu (DEM), a situação dessas famílias é preocupante. “O período de chuvas está chegando e temos mais de mil famílias vivendo nessa área de risco. É necessário que seja feito algo porque o que parece é que essa invasão só tem aumentado”, analisou.

O vereador Natalini também defendeu a necessidade de oferecer casas para essas famílias. “Não somos contra a luta pela moradia, pelo contrário, defendemos esse direito. Por isso, a Prefeitura poderia cadastrar e buscar áreas seguras para construir casas para essas pessoas. Mesmo porque a invasão acontece em uma área de preservação ambiental”, disse.


quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Vila Nova Cachoeirinha sofre com urbanização desordenada

Cerca de 20% dos moradores do bairro moram em favelas. Uma área está contaminada por influência do Rio Tietê.



terça-feira, 15 de outubro de 2013

Este é o Bairro que queremos?

Moradores de rua transformam calçada em residência e o lixo toma conta da rua Julião Ferreira da Silva, no Largo do Japonês, pedestres são obrigados a circularem pela rua colocando a vida em risco.

Enquanto nosso prefeito curte férias na Itália, após 10 meses de mandato, a Subprefeitura da Casa Verde/Cachoeirinha -com novo Subprefeito- deixa a desejar no cumprimento de suas funções mínimas.

Rua Julião Ferreira da Silva - Largo do Japonês - Vila Nova Cachoeirinha.

Rua Julião Ferreira da Silva - Largo do Japonês - Vila Nova Cachoeirinha.
Fotos de hoje, por volta das 10,00 horas.

sábado, 12 de outubro de 2013

Por onde anda a fiscalização da Lei Cidade Limpa?

Cobal Supermercados - Av. Inajar de Souza, 5.646 
Supermercado continua desrespeitando a lei, contando com a ineficiência -ou descaso se preferir- da fiscalização da Subprefeitura da Casa Verde/Limão/Cachoeirinha.

Como acreditamos que a lei é para todos, sem exceção, abrimos uma solicitação no SAC da Prefeitura que levou o número 11856589 e vamos ficar de olho.

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Faixa exclusiva para ônibus na avenida Itaberaba

Trecho completo entre a Inajar de Souza e Deputado Emílio Carlos
Trecho entre as avenidas Inajar de Souza e Deputado Emílio Carlos 
A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) inaugurou nesta segunda-feira (7) novos trechos de faixas exclusivas para ônibus em 15 vias da capital paulista. Entre eles uma na região da Vila Nova Cachoeirinha com mais ou menos 200 metros, em frente ao terminal.

Depois desta inauguração, a região nunca mais será a mesma. Aliás, nem sei como sobreviveu tanto tempo sem ela!

Para ver mais fotos, clique na imagem acima!

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Em breve, esquina da Inajar de Souza com Jerônimo de Andrade ganhará semáforo para pedestres

Esquina das avenidas Inajar de Souza x Jerônimo de Andrade
Atendendo nossa indicação, por intermédio do Vereador Gilberto Natalini - PV, a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) avaliou e elaborou projeto semafórico para o cruzamento.

Em resposta, a CET informa que o projeto será executado de acordo com o cronograma de implantação da Diretoria de Sinalização da Companhia. O que esperamos seja urgente, assim como a pintura das faixas de pedestres.

Continuaremos no  aguardo!

Publicidade

Postagens populares