Publicidade

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Tiroteio deixa feridos na Vila Nova Cachoeirinha

Matéria publicada originalmente pelo Portal G1

Dois suspeitos de assalto foram atingidos pelos disparos.

Um tiroteio deixou feridos na manhã desta quarta-feira (15), na Avenida General Penha Brasil, na região da Vila Nova Cachoeirinha, na Zona Norte de São Paulo, como mostrou o Bom Dia São Paulo.

As informações iniciais indicam que ladrões em uma moto atacaram um motociclista, que era um policial militar. Houve tiroteio. Dois suspeitos ficaram feridos na troca de tiros. Inicialmente, a corporação havia informado que o policial tinha sido ferido, mas corrigiu o dado.

domingo, 12 de outubro de 2014

Perigo no céu

Balão corta o céu de Vila Nova Cachoeirinha, neste domingo por volta das 6,30 horas.


A soltura de balões é crime ambiental conforme aponta o artigo 42 da Lei de Crimes Ambientais no qual fica claro que “fabricar, vender, transportar ou soltar balões que possam provocar incêndios nas florestas e demais formas de vegetação, em áreas urbanas ou qualquer tipo de assentamento humano”, é crime. A pena prevista é a detenção de um a três anos, multa ou ambas cumulativamente.

quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Contrato da Prefeitura com Viação Sambaíba é irregular, diz TCM

Mudança na linha 117Y - COHAB Antártica - Pinheiros começou vigorar hoje

Caio do Valle e Diego Zanchetta - O Estado de S. Paulo 

Para órgão de fiscalização, idade da frota, superlotação e sujeira são alguns dos itens que desrespeitam contrato; entre 2005 e 2006, prejuízo aos cofres públicos teria chegado a R$ 260 milhões 

O Tribunal de Contas do Município (TCM) julgou irregular a execução do contrato entre a Viação Sambaíba, uma das maiores da capital paulista, e a Prefeitura. A concessionária transporta, por dia, 801 mil passageiros. Segundo o órgão fiscalizador, o prejuízo aos cofres públicos chegam a R$ 260 milhões -- em valores atualizados para agosto deste ano, a cifra sobe para R$ 460 milhões. A decisão foi tomada na quarta-feira, 1.º, em virtude de problemas que incluem problemas de limpeza e superlotação dos veículos.

A medida é o acolhimento, por unanimidade dos conselheiros do tribunal, do relatório e do voto, em 20 de agosto, do conselheiro-presidente do TCM, Edson Simões, que havia considerado irregular a execução contratual de R$ 1,3 bilhão da empresa com o governo municipal.

Continue lendo a matéria no Estadão

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Mecânico é assassinado quando ia para o trabalho na Inajar de Souza

Polícia acredita que criminosos queriam roubar a moto dele. 
Uma mulher também foi ferida, mas não corre risco de vida.

Do G1 São Paulo


Um mecânico de 52 anos foi assassinado na manhã desta quinta-feira (25) na Avenida Inajar de Souza, na Vila Nova Cachoeirinha, Zona Norte de São Paulo. Isac Francisco da Silva estava indo para o trabalho quando teria sido abordado por ladrões que queriam sua moto, segundo a PM.

A polícia diz que quatro ladrões, que estavam em duas motos, pediram o veículo. “Na negativa da entrega da moto, efetuaram o disparo”, afirma o sargento da PM Edivaldo Fernandes.

A Polícia Civil vai apurar as possibilidades de latrocínio (roubo seguido de morte) e homicídio, já que a moto do mecânico não foi levada.

Durante a ação dos criminosos, um tiro ainda atingiu uma mulher que passava pela avenida. Ela, porém, não corre risco de vida.

Familiares de Isac estiveram no local e lamentaram a morte do parente, afirmando que ele havia comprado a moto havia poucos meses.

Matéria publicada originalmente pelo Portal G1/SP 

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

É proíbido o uso de carro de som de grande alcance em campanha eleitoral


Desde o início da campanha, circula pela nossa região, um carro de som de grande alcance -trio elétrico- atuando na divulgação das candidaturas do  Vereador Eliseu Gabriel (PSB) a Deputado Federal e Deputado Estadual Celino (PSDB) a reeleição.

Não devemos votar em candidatos que não mostram resultados a população e acham que podem ganhar votos na base do grito. Antes de optar por votar neles, analise bem, pesquise o que estão prometendo e o que realmente têm feito por nossa região.

Eleição é coisa séria e não devemos perder a oportunidade de escolher alguém que realmente faça a diferença pela nossa região.

Registrado!

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Excesso de tráfego de caminhões deteriora a Inajar de Souza

O aumento no trânsito de veículos pesados, com a construção do Rodo Anel Norte, está destruindo o asfalto em alguns pontos da avenida Inajar de Souza.

Caminhões circulam em alta velocidade pelo local, desrespeitando sinalização de trânsito, pela faixa da esquerda.


Avenida Inajar de Souza - Vila Nova Cachoeirinha

terça-feira, 2 de setembro de 2014

SAMBAIBA continua desrespeitando sinalização de trânsito e ponto de ônibus na Inajar de Souza

SAMBAIBA continua desrespeitando sinalização de trânsito e interdita ponto de ônibus na Inajar de Souza
Veículo estacionado irregularmente em ponto de ônibus na Inajar de Souza x Itupava.

Continua o desrespeito a sinalização e ao ponto de ônibus, situado na esquina da avenida Inajar de Souza com rua Itupava, próximo ao terminal da linha 209P (Cachoeirinha/Pinheiros).

Após nossa publicação em 22/07/2014, por algum tempo notamos alguma mudança, que foi sendo esquecida com o passar do tempo. Este veículo esteve estacionado em lugar proibido, hoje, das 11,10 às 11,45 horas, até que um funcionário da empresa apareceu para retirar. Enquanto isso passageiros embarcavam e desembarcavam fora do ponto, como mostram as fotos abaixo, inclusive idosos:

SAMBAIBA continua desrespeitando sinalização de trânsito e interdita ponto de ônibus na Inajar de Souza
Passageiros desembarcam fora do ponto
SAMBAIBA continua desrespeitando sinalização de trânsito e interdita ponto de ônibus na Inajar de Souza
Passageiros desembarcam fora do ponto
SAMBAIBA continua desrespeitando sinalização de trânsito e interdita ponto de ônibus na Inajar de Souza
Passageiros aguardam ônibus fora do ponto.
SAMBAIBA continua desrespeitando sinalização de trânsito e interdita ponto de ônibus na Inajar de Souza
Depois de aproximados 40 minutos, funcionário aparece para retirar o veículo
SAMBAIBA continua desrespeitando sinalização de trânsito e interdita ponto de ônibus na Inajar de Souza
Além de local proibido, o veiculo ainda estava mal estacionado
Esperamos que desta vez sejam tomadas providências, uma vez que, estamos reiterando comunicados a SPTransp e CET.

Registrado!

domingo, 31 de agosto de 2014

Sem fiscalização, maus comerciantes tomam conta da Inajar de Souza

Terra de ninguem!

Um exemplo de abandono pela administração municipal, está no uso irregular do espaço público, onde as calçadas oferecem o mínimo de condições aos pedestres, são tomadas por objetos estranhos como é o caso desta tapeçaria na avenida Inajar de Souza, esquina com a Rua Ouvídio José Antonio de Santana.

Estivesse a fiscalização da Subprefeitura, no caso aqui a da Freguesia do Ó/Brasilândia, cumprindo com suas obrigações o espaço poderia estar livre para circulação de pedestres. Este tipo de ocorrência está por toda a região, nas mais diversas atividades.

Terra de ninguem!

Esperamos que a administração municipal comece a trabalhar e cumpra com sua obrigação, afinal de contas não basta vencer uma eleição, é preciso mostrar serviço.

Fica a dica!

sábado, 30 de agosto de 2014

Cobal Supermercados, descaso e desrespeito ao consumidor

Atualização: 13/09/2014 - 10,00 hrs. 

Atendendo nossa solicitação, a COVISA esteve fiscalizando as instalações da loja.
A solicitação foi baixada em 09/09/2014, com a seguinte observação: "O estabelecimento foi vistoriado e será monitorado. Encontramos alimentos em alguns balcões refrigerados fora da temperatura ideal. Os pertences da feijoada estavam embalados."
Confirmamos nesta data, os produtos estavam devidamente refrigerados, os balcões limpos, apesar de continuar merecendo um reparo (foto abaixo) e os pertences para feijoada em embalagens individuais.

Missão cumprida, agora é continuar de olho!


Cobal Supermercados
Loja da avenida Inajar de Souza, 5646 - Vila Nova Cachoeirinha
 
Comercialização de produtos perecíveis não é brincadeira, deve seguir algumas regras básicas de acordo com a legislação sanitária do município.

De acordo com a PORTARIA nº.2.619 /SMS.G/2011, em seu artigo 9 (DISTRIBUIÇÃO, EXPOSIÇÃO PARA VENDA E CONSUMO), encontramos as seguintes irregularidades: 
Balcão frigorífico em condições precárias, há pelo menos um mês, foto acima.
Comercialização de pertences para feijoada, a granel, sem nenhuma proteção no sistema de autosserviço (foto abaixo).

Cobal Supermercados
Loja da avenida Inajar de Souza, 5646 - Vila Nova Cachoeirinha

Registramos uma solicitação no SAC da Prefeitura em 23/08/2014, que levou o número 12528573, encaminhado a COVISA (Coordenação de Vigilância em Saúde) na Casa Verde, para a devida fiscalização.

Enquanto a rede Sonda de Supermercados comemora aniversário em alto estilo, com anúncios de  promoções em horário nobre na TV, seu braço de atendimento popular encontra-se em situação precária e sempre  desrespeitando a legislação que regula seu funcionamento.

Registrado, estamos de olho!

Família Tatto desrespeitando a Lei Eleitoral

Propaganda irregular
Canteiro central da avenida Inajar de Souza 
 
De acordo com a legislação eleitoral, é proibido afixação de cartazes em locais ou equipamentos públicos. 
 
Leia o que diz o trecho que trata do assunto:
 
"Faixas e cartazes: Podem ser instalados em bens particulares desde que não excedam a 4 metros quadrados (m²). A manifestação deve ser espontânea, sendo vedado qualquer tipo de pagamento em troca de espaço. A justaposição de placas cuja dimensão exceda a 4m² caracteriza propaganda irregular. É proibida a veiculação de propaganda em postes de iluminação pública e sinalização de tráfego, viadutos, passarelas, pontes, paradas de ônibus e outros equipamentos urbanos" 
 
Não vote em candidatos que emporcalham nossa região, e isso serve também  ao candidato Ramalho da Construção. Se eles agem assim agora,  como será  depois de eleitos? 
 
Aqui não é a "Tattolândia"
 
Propaganda eleitoral: saiba o que pode e o que não pode durante a campanha

terça-feira, 19 de agosto de 2014

Praça em situação de abandono, ao lado do EcoPonto

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Acidente deixa 7 feridos na Av. Parada Pinto, na Vila Nova Cachoeirinha

Matéria publicada originalmente pelo Portal G1/SP


Entre os feridos, três são crianças. 


Dois ônibus bateram de frente na Avenida Parada Pinto, na Zona Norte, na manhã desta segunda-feira (18). Sete pessoas ficaram feridas, sendo três crianças, segundo o Corpo de Bombeiros. O motorista de um dos coletivos teve fratura na face. Os feridos foram encaminhados para o Pronto-Socorro de Cachoeirinha e Penteado. Ninguém está em estado grave.

Às 12h50, a via permanecia totalmente bloqueada na altura da Rua Nove de Novembro, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Subprefeitura Casa Verde realizará nova audiência pública que garantirá a participação popular na elaboração da proposta de Lei Orçamentária para o ano de 2015

Evento acontecerá no sábado, dia 30 de agosto 


A Subprefeitura da Casa Verde/Cachoeirinha/Limão realizará no próximo dia 30 de agosto, sábado, a partir das 09 horas, uma nova audiência pública que visa garantir a participação popular no processo de elaboração da Proposta de Lei Orçamentária para o ano de 2015 (PLOA-2015), nos termos previstos na Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2015 (LDO-2015, Lei de nº 16.047/2014).

Lembrando que poderão participar da audiência Associações, Comunidades e Munícipes da região.
O evento acontecerá no Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso, localizado na Av. Deputado Emilio Carlos, 3.641, bairro de Vila Nova Cachoeirinha.
 
Venham e participem


terça-feira, 12 de agosto de 2014

Desrespeito a sinalização de trânsito e falta de fiscalização na avenida Inajar de Souza

O constante desrespeito a sinalização de trânsito, mantém a avenida Inajar de Souza como uma das vias com maiores índices de atropelamentos na capital paulista.

Atravessar a avenida em faixas de pedestres torna-se uma aventura, o total desrespeito de alguns motoristas e na maior parte motociclistas, ou motoqueiros se preferirem, fazem de conta que elas nem existem, estamos nos referindo aqui a faixas de pedestres com semáforos.

Como na foto abaixo, as irregularidades acontecem durante todo o dia, dificilmente encontramos uma viatura da CET (Companhia de Engenharia de Trânsito) fiscalizando e multando os infratores.

Infrações no atacado!
Cruzamento da avenida Inajar de Souza com rua Itupava, região da Vila Rica.
Registrado!

Cobal Supermercados continua desrespeitando a Lei Cidade Limpa

Supermercado Cobal desrespeita a Lei Cidade Limpa
Loja pertence a rede varejista do Gurpo Sonda


Há anos, a loja situada à avenida Inajar de Souza, 5646 conta com a inoperância da Subprefeitura da Casa Verde/Cachoeirinha/Limão para descumprir a lei.

Como em uma terra de ninguém, continua o desrespeito a Lei Cidade Limpa.

Registramos uma solicitação através do SAC da Prefeitura em 12/10/2013, que levou o nº 11856589, sem nenhuma providência até o momento pela Subprefeitura citada.

Movimentação de terra da obra do rodoanel muda rotina na Inajar de Souza



Tráfego de caminhões transportando terra mudou a rotina na região, bem como o conforto e o sossego de quem mora nas imediações. Não é difícil encontrar pessoas reclamando do pó levantado pelos veículos, o que obriga manterem suas portas e janelas constantemente fechadas.

Não raro também são os flagrantes de desrespeito as leis de trânsito, como excesso de velocidade e ultrapassagem de faróis fechados.

Muitos dirão, mas para melhorar é preciso transtornos, e eu perguntaria: e a contrapartida?
Movimentação de terra da obral do rodoanel muda rotina na Inajar de Souza


Movimentação de terra da obral do rodoanel muda rotina na Inajar de Souza

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Pacientes apontam os piores hospitais de São Paulo

Centro médico de Vila Nova Cachoeirinha é recordista em reclamações. 
Levantamento feito pela ouvidoria municipal da saúde.

Matéria publicada originalmente pelo G1 São Paulo

Dois grandes hospitais da Zona Norte de São Paulo são apontados como os piores da cidade na avaliação dos pacientes. É o que mostra um levantamento feito pela ouvidoria municipal da saúde e obtido com exclusividade pelo SPTV.
Bastaram algumas horas no Hospital Municipal Vereador José Storopolli, no Parque Novo Mundo, pra ver a dificuldade em conseguir atendimento. Diversas ambulâncias chegam ao hospital diariamente trazendo pacientes de outras unidades de saúde da capital.
Conhecido como “vermelhinho”, o centro médico, além de atender quem vive no bairro, recebe gente de outras regiões da cidade e, às vezes, até da Região Metropolitana de São Paulo.

O campeão de reclamações de janeiro até agora é o Vila Nova Cachoeirinha. A cozinheira Beatriz Corrêa da Silva conhece bem. Há sete anos é paciente do hospital. Ela reclama que nos últimos tempos a situação piorou muito. “Superlotação, demora na triagem pra medir a pressão, se chega alguma pessoa na emergência fica muito tempo pra ser atendido pelo médico mesmo”, afirma.
Um funcionário que preferiu não se identificar, diz que a maternidade chega a fazer 700 partos por mês, mas a estrutura é para 450. Ele conta que faltam médicos e há muitos equipamentos quebrados, como raio-x e mamógrafo. “É uma dor no coração você ver um paciente de oncologia que precisa de exame com urgência ter que esperar dois meses pra conseguir uma coisa dessas. É assim de quebrar o coração, a gente fica desesperado com isso”, lamenta.
Carlos Alberto Santana, coordenador da ouvidoria dos hospitais municipais diz que os resultados das pesquisas vão orientar as ações de melhoria dentro das unidades. “Essas manifestações de usuários e também dos funcionários normalmente são discutidas até internamente junto ao conselho gestor da unidade a fim de buscar soluções mais imediatas pros problemas que são apresentados”, disse Santana.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o tempo de espera por consultas de avaliação cirúrgica é de quase 300 dias - ou dez meses. A Prefeitura disse que já entregou seis hospitais da rede Hora Certa e outros 26 serão inaugurados até 2016.

terça-feira, 22 de julho de 2014

SAMBAIBA desrespeita sinalização de trânsito e interdita ponto de ônibus na Inajar de Souza


Como se fossem verdadeiros donos da avenida Inajar de Souza, os motoristas da empresa estacionam seus veículos em locais proibidos e sinalizados, chegando a interditar um ponto de ônibus na esquina com a rua Itupava.

O fato ocorre todos os dias, entre as 10,00 e 12,00 horas, desrespeitando leis de trânsito e cidadãos que precisam embarcar no referido ponto de ônibus. Desde que teve início a operação da linha 209-P Cachoeirinha - Terminal Pinheiros, os funcionários da citada empresa se acham no direito de fazer o que bem entendem impunemente, já  que a CET não está nem aí com o acontecimento e fiscalização da SPTrans praticamente inexiste.




 
Registrado!
 

Praticamente um ano se passou, nada de semáforo!

 
Esquina das avenidas Inajar de Souza e Jerônimo de Andrade
 
Conforme oficio SGP.23-Nº01547-2013, emitido pelo Chefe de Gabinete da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) em 30/07/2013, a implantação de semáforo de pedestre na esquina acima estaria aguardando o cumprimento do cronograma de implantação da Diretoria de Sinalização da Companhia.

Conforme matéria publicada pelo Portal Terra, reproduzida neste blog em 15/04/2014, a CET nos informou que a área de sinalização foi acionada para a instalação no prazo mais curto possível. Durante este período apenas uma faixa de pedestres foi pintada no local.

Infelizmente a nossa região não foi contemplada com o padrão FIFA que tomou conta do espírito da administração Haddad nos últimos meses.

Fica apenas o sonho e o desejo de que assim que retorne ao trabalho, sim ele está em férias de novo, volte com o fôlego renovado e muita vontade de trabalhar. Nem é preciso lembrar que sua popularidade hoje está em ridículos 15% de aprovação pela população que o elegeu.

Agoniza São Paulo!

quinta-feira, 10 de julho de 2014

Após um mês da posse, Subprefeito da Casa Verde / Cachoeirinha / Limão ainda não tem equipe completa.

Não é a toa que as coisas não vão bem pela região, conforme o site da Subprefeitura a equipe está incompleta após mais de trinta dias da posse do terceiro Subprefeito da gestão Haddad.

Basta uma pequena passagem pela região para confirmarmos a decadência em que se encontra, a Lei Cidade Limpa completamente abandonada e uma feira ilegal que toma conta da avenida Inajar de Souza aos domingos impunemente, são apenas dois exemplos para não alongar muito o post.

Quando será que a gestão Haddad vai começar a trabalhar, no sentido literal da palavra???

Veja abaixo como está a equipe da Subprefeitura:

Quem é quem

Luiz Fernando Queimadelos Gomez
Subprefeito
Formado em Engenharia Civil desde 1981 pela Universidade Mackenzie o novo Subprefeito ingressou-se como Engenheiro Civil da Prefeitura em 1986.
O mesmo já foi Coordenador de Planejamento e Desenvolvimento Urbano e Supervisor de Obras da Subprefeitura da Casa Verde/Cachoeirinha no período entre 2003 e 2004.
Já em 2005 assumiu por 15 dias como Subprefeito Interino da Subprefeitura de Casa Verde/Cachoeirinha. 
E finalmente, exerceu o cargo de Supervisor Técnico de Manutenção na Subprefeitura da Lapa de 2010 até a presente posse na Subprefeitura de Casa Verde/Cachoeirinha.

EQUIPE DO SUBPREFEITO
Toshiyuki Takeda (Segundo informações, colocou seu cargo a disposição do Prefeito)

Chefe de Gabinete

Coordenadoria de Administração de Finanças

Coordenadoria de Projetos e Obras

Coordenadoria de Planejamento e Desenvolvimento Urbano
Teresa Maria de Melo Barghetti
Assessoria Executiva de Defesa Civil
Carlos Guaita Garnica
Assessoria Juridica
Marcos Rezende (Sombra)
Supervisão de Esporte
Claudio Eduardo Cardoso
Supervisão de Habitação
Nelson Gomes Ferreira Filho
Supervisão de Cultura
Marcionila Aparecida dos Santos
Assessoria de Imprensa


sexta-feira, 27 de junho de 2014

WiFi Livre, finalmente chega ao Largo do Japonês


Anunciado pela administração municipal, em meados de 2013 e com previsão de entrega para dezembro, finalmente o acesso gratuito a internet chega a Vila Nova Cachoeirinha. 

Com pelo menos seis meses de atraso e sem constar da relação inicial, apenas o Terminal Cachoeirinha teria o serviço, o local já constava com status "em operação" no site da prefeitura (confira aqui) há pelo menos 20 dias.

Somente nesta semana o serviço foi concluído e liberado à população.

Caso você utilize o serviço e, queira compartilhar a experiência deixe seu comentário aqui no blog ou em nossa página no Facebook.

Registrado!

quarta-feira, 16 de abril de 2014

SPObras realiza reunião com a comunidade para apresentar o Corredor Inajar de Souza

SPObras esteve nesta terça-feira (15) na sede da Subprefeitura da Freguesia do Ó para realizar uma reunião com a comunidade, tendo como tema a requalificação e ampliação do Corredor Inajar de Souza. Como público, além dos subprefeitos Eduardo Peres Palia (Freguesia do Ó) e Rubens Brandão de Souza (Casa Verde), compareceram também representantes dos Conselhos Participativos Municipais, membros do Rotary Club, entidades sociais e pessoas interessadas a ter mais detalhes do projeto.
De acordo com o Diretor de Desenvolvimento de Projetos de SPObras, Ricardo Pereira da Silva, a região cresceu demais nos últimos trinta anos e o novo corredor tem muito a contribuir para o bem estar e qualidade de vida da população.
Por sua extensão (14,6 km), seu valor (R$ 170 milhões), e especialmente por provocar um novo arranjo no trânsito local, até seu término a obra tem sido fonte de muitas matérias na grande mídia, o que tem despertado ainda mais o interesse dos moradores.
Ricardo Pereira explicou a obra pelo ângulo da engenharia. Falou dos benefícios do corredor exclusivo como o aumento da velocidade dos coletivos, sua economia no longo prazo, das novas técnicas empregadas na obra que reduzem o tempo de cura de 28 dias para sete dias, do Programa de Gestão Ambiental implantado por SPObras e das desapropriações que a obra requer.
Muitas foram as dúvidas, o que deixou evidente o interesse que a obra tem gerado naquela região da Capital. Por exemplo, o receio de enchentes no túnel que será construído para uso exclusivo dos coletivos, o que dará enorme fluidez ao trajeto. A questão foi esclarecida pelo engenheiro Luiz Carlos Lustre, e o fato de ser o único túnel exclusivo para transporte coletivo ganhou novo enfoque.
Projetado para atender todos os tipos de ônibus, do padrão ao biarticulado, com 23 metros de extensão, o Corredor Inajar de Souza deverá receber, segundo cálculos da SPTrans, cerca de 85 mil passageiros por dia logo no início das operações.
Moradores dos bairros Casa Verde e Freguesia do Ó, atentos à exposição do projeto
Matéria publicada originalmente pelo Portal da Prefeitura de São Paulo

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Até quando Subprefeitura da Casa Verde/Cachoeirinha/Limão???

segunda-feira, 31 de março de 2014

'Lixo não brota do mato'

O programa CBN São Paulo, iniciou hoje uma série de reportagens que vai mostrar como anda o serviço de zeladoria na cidade.
Começou com a participação da repórter Cátia Toffoletto pela praça localizada na rua Félix Alves Pereira, uma indicação nossa.
Acompanhe a matéria que foi ao ar hoje:

A situação da praça:


Nossos agradecimentos a repórter Cátia Toffoletto, pela atenção dispensada a nossa demanda.

domingo, 23 de março de 2014

Passageiro morre em acidente com BMW no Imirim

Veículo bateu em poste na Avenida Imirim, no final da madrugada. 
Motorista ficou ferido e foi levado para hospital. 
Matéria publicada originalmente pelo Portal G1 São Paulo

Acidente com BMW aconteceu na Avenida Imirim (Foto: Mario Ângelo/Sigmapress/Estadão Conteúdo)
 
O passageiro de uma BMW morreu após o veículo bater em um poste na madrugada deste domingo (23). O acidente aconteceu na Avenida Imirim, em bairro de mesmo nome, na Zona Norte de São Paulo. As informações são da Polícia Militar, que atendeu a ocorrência.

A vítima fatal era o passageiro do veículo. O motorista também ficou ferido e foi levado a uma unidade do Hospital São Paulo, na Zona Norte.

A polícia vai investigar as causas do acidente. Uma das hipóteses é a alta velocidade. O caso seria registrado no 13º DP, na Casa Verde.

Caso foi registrado no 13º DP, na Casa Verde (Foto: Wilson de Oliveira Delgado/VC no G1)

sábado, 22 de março de 2014

Após denúncia, Subprefeitura executa serviço de limpeza na Inajar de Souza

segunda-feira, 17 de março de 2014

Obras do corredor de ônibus na Avenida Comendador Martinelli em fase final

As obras que fazem parte do corredor Inajar de Souza devem ser concluídas no dia 19 de março
Matéria publicada originalmente no Portal da Prefeitura da Cidade de S. Paulo
As obras de Mobilidade Urbana do Corredor Inajar de Souza / Marquês de São Vicente / Rio Branco seguem em ritmo acelerado.
No trecho localizado na avenida Comendador Martinelli, sentido centro/bairro, as obras do pavimento de concreto já foram entregues neste domingo, dia 16 de março. Já no sentido oposto da via, bairro/centro, a previsão de entrega é para o dia 19 de março, quarta-feira. Somados os dois sentidos da via, a extensão da obra é de 1,2 quilômetros.
Os que trafegam pela região poderão observar também um grande canteiro de obras ao longo da Av. Marques de São Vicente. No trecho entre a Praça Pedro Corazza até a Praça José Vieira C. Mesquita/ Avenida Nicolas Boer, no sentido bairro/centro, as obras de pavimento de concreto já foram concluídas e as faixas de rolamento de veículos leves foram fresadas e recapeadas, conforme expõe o engenheiro coordenador da SPObras, Maurício Prado.
Obras na Comendador Martinelli deverão ser concluídas na próxima quarta-feira, 19 de março

Até para incompetência existe limite

Em meados de 2012, época de campanha eleitoral, ecoava na mídia o anúncio de que São Paulo precisava conhecer o novo homem do PT. Pronto, o suficiente para o cidadão paulistano cair em mais um estelionato eleitoral.

Passado o primeiro ano da administração Haddad, nossa região sente a força do "novo homem", ruas e avenidas completamente tomadas pelo lixo e entulho. Sei que você está pensando, eu também penso assim, a culpa é da população que descarta lixo em locais impróprios. Tudo bem, concordo que falta educação e cidadania para a população da região, mas, convenhamos a prefeitura também tem suas obrigações a serem cumpridas. De nada adianta saber que existem milhares de pontos viciados pela cidade, se nada fazem para fiscalizar e acabar com este vício maldito da população. De que adianta uma multa no valor de R$ 14.000,00 para quem comete a infração, se a prefeitura nada faz para fiscalizar e fazer cumprir a lei?

Passando pela avenida Inajar de Souza, hoje por volta das 10,00 horas, gravei o vídeo abaixo para mostrar como anda o serviço de zeladoria na nossa região:

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Largo do Japonês ganha pinturas das faixas de pedestres


Conforme informação ao Portal Terra, através de uma participação nossa, finalmente a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) começou a recomposição da sinalização de solo. De acordo com nosso registro desta manhã, faltam apenas as faixas da avenida Deputado Emílio Carlos e as demais citadas pela reportagem, bem como, a revitalização da sinalização vertical.


Fica nosso registro e o agradecimento ao Portal Terra pela divulgação de mais uma demanda e seu atendimento pelos setores competentes -parcialmente, pelo menos-.

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

60 dias após reforma, largo não tem sinalização de trânsito

Matéria publicada originalmente pelo Portal Terra


Largo do Japonês, na zona norte, está sem sinalização para motoristas e pedestres Foto: Alecir Macedo / vc repórter
Largo do Japonês, na zona norte, está sem sinalização para motoristas e pedestres
Foto: Alecir Macedo / vc repórter

Entregue em meados de dezembro do ano passado, a reforma do Largo do Japonês, na zona norte de São Paulo, ficou devendo um item indispensável à segurança: faixas de pedestres nas principais avenidas que passam pelo largo.
São os casos das avenidas Imirim, Deputado Emilio Carlos, Itaberaba e Parada Pinto e da rua Julião Ferreira da Silva. Quase 60 dias após a reforma, os pedestres ainda não contam com a sinalização, o que atrapalha inclusive motoristas, sem referência de onde parar antes dos semáforos.
Procurada pelo Terra, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) informou que “já tem projeto elaborado que prevê para as próximas semanas a recomposição da sinalização de solo no Largo do Japonês, que contempla a repintura das faixas de pedestres, linhas dupla amarela e de retenção, além da revitalização da sinalização vertical (placas)”.

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Ônibus é incendiado no Jardim Vista Alegre

Ataque ao coletivo ocorreu na Brasilândia, segundo a Polícia Militar.
É o 36º ônibus incendiado em São Paulo desde o dia 1º de janeiro.

Matéria publicada originalmente pelo Portal G1


Um ônibus foi incendiado por volta das 13h15 desta segunda-feira (10) na Brasilândia, na Zona Norte de São Paulo, de acordo com informações da Polícia Militar. O ataque ao coletivo ocorreu na altura do número 800 da Rua Ibiraiaras. É o 36º ônibus incendiado em São Paulo desde o dia 1º de janeiro.
Segundo a PM, o ônibus, da empresa Sambaíba, estava parado no ponto final da linha quando foi atacado por vândalos, que fugiram em seguida. Ninguém foi preso. Não há informações sobre vítimas e nem sobre o motivo do ataque. A Polícia Militar informou que um segundo ônibus teria sido atacado na mesma região, mas o veículo foi apenas parcialmente danificado.
O técnico em manutenção de eletrodomésticos Anderson Paiva de Souza, de 34 anos, fez imagens do ônibus sendo consumido pelas chamas e as enviou para o VC no G1, o canal interativo do G1. Ele mora a cerca de 50 metros do local onde o ônibus foi atacado por vândalos. "Meu cunhado que me avisou que tinham incendiado o ônibus. Fui correndo para lá e o fogo já tinha tomado conta de tudo", relatou.
Ônibus ficou completamente destruído após ataque de vândalos na Zona Norte (Foto: Leandro Martins/Futura Press/Estadão Conteúdo)Ônibus ficou completamente destruído após
ataque de vândalos na Zona Norte (Foto: Leandro
Martins/Futura Press/Estadão Conteúdo)
Segundo o internauta, homens que estavam em um Astra atiraram um coquetel molotov (uma bomba incendiária) no ônibus e fugiram em seguida. "Disseram que não era ninguém do bairro, já que não estava ocorrendo protesto, nada", afirmou.
O ataque passou a ser motivo de preocupação entre os moradores da região. "Minha filha, de 11 anos, tinha acabado de voltar da escola neste mesmo ônibus. O ônibus parou no ponto final, ela desceu, chegou em casa e ônibus foi atacado. É preocupante, sim", disse.
Levantamento
O número de ônibus queimados em janeiro na capital paulista já corresponde a mais da metade dos casos ocorridos no ano passado na cidade, segundo dados da São Paulo Transportes (SPTrans). Apenas entre 1º de janeiro e 5 de fevereiro, foram 36 ônibus incendiados por diversas causas, contra 65 em 2013.

Continue lendo...

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Ônibus da viação Fênix é queimado na avenida General Penha Brasil

A polícia não sabe a motivação dos ataques e ninguém foi preso

Matéria publicada originalmente pelo R7 Notícias

Da Agência Record
Na avenida General Penha Brasil, 15 homens pararam o coletivo e colocaram fogo no ônibus  
Edison Temoteo/Futura Press/Estadão Conteúdo
A Polícia Militar registrou três ocorrências de ônibus incendiados entre a noite de sexta-feira (25) e a madrugada do sábado (26). A polícia não sabe a motivação dos ataques e ninguém foi preso. 

Por volta das 21h, 15 homens pararam um ônibus da viação Fênix na avenida General Penha Brasil, na Brasilândia, zona norte da cidade, e ordenaram que todos os passageiros descessem do coletivo. O grupo ateou fogo no veículo. Um Ford Fiesta que estava na mesma via também foi atingido pelas chamas.

Mais tarde ainda na sexta-feira (25), por volta das 22h20, outro ônibus foi queimado na avenida professor Luiz Ignácio Anhaia Mello, região do parque São Lucas, zona leste da capital paulista. Os criminosos também pararam o veículo e incendiaram o coletivo.

Ninguém ficou ferido.

O terceiro ônibus foi queimado por volta das 4h do sábado (25). Segundo a polícia, um micro-ônibus da empresa Cooperpam foi furtado na avenida Paulo Guilguer Reimberg, no bairro de Parelheiros, na zona sul da capital paulista e encontrado queimado em uma estrada de terra do bairro.

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

PM mata dois suspeitos de roubo na zona norte (Jardim dos Francos)

Matéria publicada originalmente pela Folha de S.Paulo

Policiais da Rota (tropa de elite da Polícia Militar) mataram dois suspeitos de roubo, na região da Brasilândia, zona norte de São Paulo, por volta das 20h30 de quinta-feira (23). 

Os policiais desconfiaram de dois suspeitos em um Chevrolet Ônix roubado na avenida Inajar de Souza e deram ordem de parar. 

O motorista acelerou o carro e teve início uma perseguição que terminou quando os suspeitos bateram contra um Fusca que estava estacionado na avenida Carlos Schumacker. 

Segundo a Rota, os suspeitos desceram do carro atirando contra os policiais. Na troca de tiros, os dois homens foram baleados. Nenhum policial ficou ferido. 

Os baleados foram levados ao pronto-socorro Vila Nova Cachoeirinha, onde morreram. 

O caso será investigado pelo DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa) 

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Terminal Cachoeirinha segue em obras após 3 anos

Matéria publicada originalmente pela coluna VC Repórter do Portal Terra



O terminal de ônibus Cachoeirinha, que deveria ser entregue ao público após reformas em dezembro de 2010, segue inacabado. A prefeitura alega, contudo, considera a obra concluída, mesmo admitindo que itens básicos, como corrimãos e um elevador de acesso, ainda estejam pendentes.

Em julho do ano passado, o Terra publicou uma reportagem que mostrava a morosidade da obra, orçada em quase R$ 7 milhões. O projeto contemplava, segundo texto da própria prefeitura, “uma série de adaptações para acessibilidade, como a instalação de um elevador e uma rampa de acesso ao terminal àqueles que trafegam pela avenida Deputado Emílio Carlos”.

O acesso à importante via, contudo, segue prejudicado, já que a rampa ainda carece de gradil e corrimãos, e o elevador aguarda liberação de alvará para começar a operar.

Segundo a SPTrans, os demais quesitos previstos do projeto inicial de R$ 6.950.169 já foram contemplados. Mesmo assim, segundo o órgão, as demais obras remanescentes fazem parte de “melhorias”. Entre elas, estão a reforma de três conjuntos de sanitários públicos, a construção acessos para usuários pelas avenidas Itaberaba e Inajar de Souza, além de adequações de instalações sanitárias, refeitórios e vestiários para quem trabalha no terminal.  

O internauta Alecir Macedo, de São Paulo (SP), participou do vc repórter, canal de jornalismo participativo do Terra. 

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Obra iniciada pelo ILUME continua esquecida na Vila Rica

Atualização: 23/01/2014 - 10H25

Uma equipe esteve no local hoje e concluiu o serviço, como podemos ver o serviço é de primeiríssima qualidade.
Missão quase cumprida, agora falta o conserto da calçada!



Obra esquecida na praça situada a avenida Róssio do Carmo, na Vila Rica.

Em 20/08/2013, abrimos uma solicitação no SAC da Prefeitura para verificação e término deste serviço, iniciado por uma contratada  do ILUME, que levou o número 11738143,  até o presente momento continua aberta sem providências.

Lembrando

Publicamos uma matéria -você pode ler aqui- em 20 de agosto de 2013, trata-se de uma obra iniciada -não sabemos com qual finalidade- e simplesmente foi esquecida pelo ILUME. Entramos em contato via telefone e nos foi informado que tratava-se de uma obra de responsabilidade da Subprefeitura.
Supostamente esta obra seria para enterrar a fiação da iluminação da praça, ou algo parecido, visto que foi colocado uma tubulação e duas caixas de ligação (foto abaixo).


Fica aqui nossa lmbrança a Subprefeitura da Freguesia do Ó/Brasilândia e ao ILUME, de que nosso dinheiro não é capim e não nasce em árvores.

Esperamos providencias ou, que pelo menos apareça o pai da criança.

Esqueceram as faixas de pedestres no Largo do Japonês, de novo!

Avenida Parada Pinto - Largo do Japonês
A revitalização da região foi inaugurada nos dias 14 e 15 de dezembro/2013 -veja aqui-, com toda pompa e circunstância que uma obra merece, politicamente é claro.

Passaram-se mais de trinta dias e, até esta data  não terminaram a obra, esqueceram a sinalização da via, inclusive as faixas de pedestres em todos os cruzamentos.

Fica o alerta a CET e a Subprefeitura da Casa Verde/Limão/Cachoeirinha, vamos esquecer um pouco das faixas exclusivas para ônibus e cuidar da segurança dos pedestres!

Mais fotos do local, clique aqui!

sábado, 11 de janeiro de 2014

Por onde andarão os fiscais da Subprefeitura da Freguesia do Ó/Brasilândia?


Criticar a falta de educação da população não basta, quando não temos quem fiscalize, o poder público também tem a obrigação de fazer sua parte.

Reconhecer e justificar que ali é um ponto viciado de lixo e entulho não basta, é preciso ação para acabar com o vicio. 

"O descarte irregular de lixo e entulho é crime ambiental passível de multa de R$ 14 mil, conforme previsto em lei. A denúncia pode ser feita pelo telefone 156 da prefeitura." A resposta automática que recebemos da Subprefeitura normalmente é essa.

De que adianta multa de R$ 14 mil, se não existe fiscalização e, quando fazemos uma denúncia pelo telefone 156 nos dão prazo de 72 horas para a resposta.

Fica a dica!


quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Avenida Inajar de Souza fará parte da área restrita pelo rodízio de veículos a partir de março ou abril

Pelo estudo, que será discutido no dia 15, restrição passaria a valer em grandes avenidas como Brás Leme, Radial Leste e Francisco Morato; medida deve começar até abril

Caio do Valle - O Estado de S. Paulo
Sinalização vai indicar começo e fim da área do rodízio - Divulgação
Divulgação
Sinalização vai indicar começo e fim da área do rodízio
Um estudo divulgado na manhã desta quinta-feira, 9, pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) propõe aumentar o rodízio municipal de veículos para mais 400 vias - ou 371 quilômetros lineares - de São Paulo, incluindo áreas periféricas. A restrição passaria a valer em grandes avenidas como Brás Leme, Radial Leste, Aricanduva, Professor Francisco Morato e Inajar de Souza. São eixos que estão fora dos 150 km² do centro expandido, área onde o rodízio vigora desde 1997. O secretário municipal dos Transportes, Jilmar Tatto, afirmou que a medida pode começar a vigorar "em março ou abril".
A proposta, no entanto, ainda será levada no próximo dia 15 ao Conselho Municipal de Trânsito e Transporte (CMTT), "para ser discutida com a sociedade e especialistas", segundo a CET, que poderão fazer recomendações ao projeto. O conselho é presidido pelo próprio Tatto.
Leia a matéria completa no Estadão.com.br

Publicidade

Postagens populares