Publicidade

quinta-feira, 2 de abril de 2015

PS infantil dispensa pacientes com suspeita de dengue

Matéria publicada originalmente pelo Agora São Paulo
Regiane Soares
do Agora
Os pais que foram ontem à tarde ao pronto-socorro infantil do Hospital Geral Vila Nova Cachoeirinha, no Limão (zona norte), tiveram que procurar outra unidade de saúde para levar seus filhos.
Segundo informações repassadas aos pais por funcionários, o motivo da dispensa dos pacientes foi o excesso de crianças que aguardavam por atendimento na recepção.
A maioria apresentava sintomas da dengue.
A reportagem esteve no pronto-socorro ontem e logo no portão uma funcionária da segurança explicava que os atendimentos estavam suspensos desde as 11h30 por superlotação e não tinha previsão para voltar.
A funcionária orientou a reportagem, que não se identificou, a procurar a ouvidoria do hospital se quisesse fazer uma queixa.
"Você está no seu direito de reclamar, mas não adianta nem entrar. Não vai ser atendida", disse.
Resposta
A assessoria de imprensa da Secretaria Estadual da Saúde negou que houve dispensa de pacientes no pronto-socorro do hospital Vila Nova Cachoeirinha ontem e que "em nenhum momento" os funcionários foram orientados a barrar pessoas na entrada.
A pasta informou que o pronto-socorro atendeu 550 pacientes até as 16h.
Segundo a secretaria, no momento em que a reportagem visitou a unidade, a equipe médica atendia a uma criança que teve uma parada cardiorrespiratória.

Publicidade

Postagens populares